Imprimir
PDF

Operação Baixo Rio Branco também fiscalização regiões de fronteira

Escrito por admin on .

Disponível em: http://www.folhabv.com.br/noticia.php?id=119003

O delegado da Polícia Federal, Ricardo Duarte, informou que, apesar de o principal objetivo da operação Baixo Rio Branco seja o combate ao garimpo na terra indígena Yanomami, a ação será ampliada para outras regiões.

A ação ocorre também nos municípios de Pacaraima, Bonfim e Uiramutã, além da terra indígena Raposa Serra do Sol. As equipes que estão à disposição da PF e do Exército Brasileiro não têm ponto fixo de fiscalização. Elas ficam se movimentando em todo o território local. Os dois mil quilômetros de faixa de fronteira com a Venezuela e a Guiana são fiscalizados.

Nestas regiões, as forças federais concentram esforços também no combate ao contrabando e descaminho de combustível e mercadorias, tráfico de drogas e de armas, crimes ambientais e ainda de qualquer outro ilícito de atribuição da Polícia Judiciária da União – a PF.

“Já estamos com prisões de contrabando de combustível e de contrabando e descaminho de outros tipos de mercadoria em Pacaraima e Bonfim”, informou o delegado.
radiotower

Expansão da rede de comunicação dos Yanomami por radiofonia

O projeto tem como meta ampliar a rede de aldeias yanomami interligadas pela comunicação via radiofonia. Atualmente fazem parte desta rede 17 comunidades localizadas na Terra Indígena Yanomami mais a sede da HAY localizada em Boa Vista. A meta deste projeto é ampliar para 87 o número de comunidades, o que corresponde a 32% do total de comunidades yanomami no Brasil (257). Leia Mais ∴