Projeto

Expansão da Radiofonia Yanomami

Contribua você também para o projeto

Doe para a Campanha:
Faltam 30 rádios para atingir a nossa meta!

  • ajarani
  • aldeia_piau
  • casa radio-fonia_hai_piau
  • img_1484
  • img_1636 1
  • onkiola
  • palimiu
  • palimiu2
  • radio e recados_denimi
  • rdio hay - demini
  • waikas

Últimas notícias

Funai perde 23% do orçamento e opera só com 36% dos servidores - 16/06/2016 - Cotidiano - Folha de S.Paulo

6-16-2016


Responsável pela demarcação do que ainda resta de terras indígenas no país, a Funai (Fundação Nacional do Índio) vem sofrendo seguidos cortes. Leia mais no site da Folha de SP

FBV: PF prende fazendeiro que cobrava pedágio para terra Yanomami

A ação foi feita integrada com o Exército.O acusado construiu um bloqueio com uma cancela em um projeto de assentamento


Por Folha Web

6-13-2016A Polícia Federal em Roraima deflagrou, às 6h da manhã de hoje, a Operação Atalho. Estão sendo cumpridos dois Mandados de Busca e Apreensão, deferidos pela Justiça Federal após representação de inquérito policial que investiga uma rede de apoio ao garimpo na Terra Indígena Yanomami – rio Uraricoera. O investigado D B T foi preso em flagrante em sua residência em Boa Vista/RR, por usurpação do patrimônio da União – art. 2º da lei 8.176/91.

A prática criminosa investigada ocorre em uma fazenda localizada no Projeto de Assentamento Paredão, em Alto Alegre/RR. Há indícios de que o proprietário D B T, conhecido como ZÉ BALA, construiu uma estrada em um dos lotes que ocupa, exigindo pedágio a garimpeiros para terem acesso às margens do rio Uraricoera, via fluvial que dá acesso ao garimpo na Terra Indígena Yanomami.

A investigação aponta cobrança de valores de R$ 100,00 a R$ 500,00 por veículos que fazem transporte de garimpeiros ou da logística do garimpo. Foi construído também um bloqueio com uma cancela na vicinal 6 do projeto de assentamento, forçando passagem pelo pedágio montado por D B T.

Read more ...

Carta Capital: A morte de Konibu e o crime de genocídio de Romero Jucá

Enquanto era presidente da Funai, Jucá entregou as terras dos índios Akuntsu a seus algozes, diz sertanista
por Felipe Milanez

6-6-2016

Na última quinta-feira, 26 de maio, faleceu em Rondônia o indígena Konibu, o velho líder e xamã do povo Akuntsu. Sobrevivente de um genocídio, ele já estava bastante debilitado por um câncer e problemas cardíacos, e tinha em torno de 85 anos., Morreu em paz, deitado na rede dentro da maloca onde viva, auxiliado por agentes de saúde e pelo sertanista da Funai, Altair Algayer.

Se a morte foi tranquila, no entanto, Konibu sofreu muito em vida. E parte desse sofrimento se deve a um ato político de Romero Jucá enquanto era presidente da Funai: a destinação da terra onde os indígenas vivam para fazendeiros.

Os Akuntsu, seus vizinhos Kanoê e o “Índio do Buraco” são remanescentes de três povos que sofreram um genocídio de 1985 até os últimos ataques documentados em 1995.

Read more ...
Hutukara
    • Endereço

      Rua Capitão Bessa, 143
      Bairro: São Pedro

      Centro - Boa Vista,Roraima
      CEP 69.306-620 Brasil

    • Contato

      This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

      (95) 3224-6767
      (95) 3224-6767